sábado, 2 de junho de 2012

RJ Móvel cobra promessa em Queimados no bairro Três Fontes.


A luta pela melhoria do Bairro Três Fontes (Queimados), continua uma revindicação que aos poucos vai ser realizando agora e com a mobilização popular tendo a frente a nossa amiga Aline Amiga Bairros e Ceinho, dentre outros e outras que estão nessa batalha verdadeira por melhores condições de vida para a população do bairro Três Fontes.

Aqui fica registrado meu apoio e solidariedade aos amigos e amigas do Três Fontes - Queimados.

A luta e a perseverança de vocês me enche de orgulho em saber que conto com amigos e amigas de verdade que sonha e revindicam juntos a melhora de sua comunidade e de seu município com saúde, infra estrutura, educação, saneamento básico, pavimentação mais tudo isto com igualdade e justiça social para a população que tanto merece e necessita!!!! 

Parabéns aos verdadeiros lutadores e lutadoras desta batalha incansável!!!! Aline e Ceinho!!!!

Ronaldo Castro




sábado, 5 de maio de 2012




1° ENCONTRO DE MILITANTES DA PASTORAL DA JUVENTUDE DO RIO DE JANEIRO.
VENHAM PARTICIPAR JUNTO CONOSCO!!!!!



Concurso para Cartaz e Música do Ano Missionário da PJMP


A Comissão Nacional da Pastoral da Juventude do Meio Popular (CNPJMP), querendo avançar no seu projeto missionário, propõe uma sintonia em nossas atividades em nível nacional. Para que isso aconteça, é necessário que você contribua com o processo de articulação e desenvolvimento do nosso Ano Missionário.


Sabemos da pluralidade da composição e atuação da nossa PJMP, nossa organização e os tipos de intervenção que fazemos nos espaços em que estamos inseridos. Além de considerar a nossa realidade, o Ano Missionário tem como horizonte temporal a XV ANPJMP (Assembleia Nacional da PJMP), que será realizada de 30/05 a 02/06/2013 na Arquidiocese de Goiânia – GO, e a nossa participação na Jornada Mundial da Juventude em julho de 2013 no Rio de Janeiro. Espera-se colher os frutos das nossas atividades durante o processo de preparação e realização do IV Congresso Nacional da PJMP, que celebrará os 35 anos de caminhada e que será realizado de 13 a 19/01/2014 em Pernambuco.


Para avançarmos nesse projeto missionário, é imprescindível considerarmos a defesa da vida em todas as suas manifestações, a necessidade da resistência contra o avanço das ideias e práticas que acabam com a vida no nosso meio popular, e o protagonismo jovem na mudança estrutural da sociedade brasileira, anunciando o Reino como o Cristo Jovem e Libertador com iniciativas nas áreas social, política, econômica e eclesial. Em outras palavras, anunciar significa denunciar as condições em que vive a nossa juventude, de modo a propor um projeto de transformação dos/as jovens para toda a sociedade.


A ideia do concurso para o Cartaz e Música do Ano Missionário da PJMP é atender a todos os requisitos acima descritos, e com isso fortalecer a nossa PJMP. Para tanto, é necessário que as propostas de cartaz e música sejam encaminhadas para o correio eletrônico pjmpcomunica@gmail.com até o dia 24 de junho de 2012.


Cartaz – tem que estar em tamanho A4 e em alta resolução, no formato PSD (Photoshop) ou em outro programa que permita imagens de alta resolução (Corel Draw, Inkscape, etc.), e no formato JPG.


Música – tem que estar disponível no Youtube, e deve ser encaminhado para o endereço eletrônico pjmpcomunica@gmail.com o link no Youtube, a letra e, se possível, a cifra da música.


Sua contribuição é fundamental para que o Ano Missionário da PJMP seja um tempo de trabalho árduo e fecundo para a juventude do meio popular.

Código Florestal: esta base aliada vale a pena?

O que vimos na Câmara dos Deputados com a votação do Código Florestal foi uma cena vergonhosa. O desserviço que a Casa envia à presidenta Dilma não é comemorado pela maioria da sociedade brasileira. Ao contrário, em ano de Rio + 20, o que foi aprovado é a motosserra em nossas florestas, o desrespeito à nossa 
Amazônia, às nossas águas, aos nossos mangues, ao nosso meio ambiente. É uma afronta aos nossos camponeses. Estes, os verdadeiros preservadores do meio ambiente, por vezes tiveram sua identidade manchada por aqueles que teimam tomar a nossa voz, de camponês, para justificar o absurdo que aqui foi votado.

Nós, nordestinos, por vezes, fomos evocados para justificar o injustificável. Deu dor de estômago!

Desde o começo, os comprometidos com a agricultura camponesa, familiar e o meio ambiente sabíamos que a situação era difícil e complicada: não podíamos criar novos textos, mas escolher o texto do Senado, que apesar de ter pontos problemáticos, ainda era melhor que o da Câmara, que pode ser apelidado de Código Ruralista.

Tivemos uma aula de como a luta de classes é presente, ainda que muitos teimem em dizer que ela não existe: a bancada ruralista, uníssona em seus interesses, em detrimento daqueles que lutam pela produção de alimentos saudáveis, que precisam da natureza preservada para a sua sobrevivência.

Neste caso, não existe base aliada! Pergunto-me: vale a pena ter uma aliança tão ampla? Esta base está comprometida com os seus interesses, não com os projetos do povo. É a mesma base que não quer a reforma agrária, a mesma base que quer tirar o poder de nossa Presidenta de titular terras aos indígenas com a PEC 215; é a mesma base que emperra a votação da PEC do Trabalho Escravo há anos no Congresso Nacional.

No caso do Código Florestal, repito: da mesma forma que o relatório de Aldo Rebelo foi uma vergonha, o mesmo pode ser dito do relatório de Paulo Piau.

Precisamos impedir a possibilidade de recuperar só metade das áreas que foram desmatadas em beiras de rios e nascentes até junho de 2008; a desobrigação de recuperar as reservas legais desmatadas até 2008 para todos os imóveis com até quatro módulos fiscais; a possibilidade de recuperar ou preservar a reserva legal e/ou a Área de Proteção Permanente em outra propriedade de um mesmo bioma. 

Temos ainda que impedir que haja a autorização da recomposição das reservas legais e áreas de proteção permanentes com até 50% de espécies exóticas, o que aumentaria os desertos verdes de eucalipto e pinus, além da permissão do plantio de lenhosas em áreas com inclinação maior de 45° e topos de morros.

O Núcleo Agrário do PT trabalhará pelo Veta Dilma! É preciso mais que nunca uma grande mobilização social para não retroceder!

*Deputado Valmir Assunção (PT-BA) é coordenador do Núcleo Agrário do PT, vice-líder do PT na Câmara.

Ex-delegado diz ter matado e incinerado militantes na ditadura

Em Memórias de uma Guerra Suja (Editora Topbooks), livro lançado pelos jornalistas Marcelo Netto e Rogério Medeiros esta quarta-feira, o ex-delegado Cláudio Guerra, de 71 anos, afirma ter participado da morte de ao menos 12 guerrilheiros e incinerado os corpos de outros desaparecidos durante a ditadura militar (1964-85). Guerra diz ter decidido confessar os crimes após se tornar pastor evangélico. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

O ex-policial promete prestar depoimento à Comissão da Verdade sobre 10 corpos que teriam sido queimados no forno de uma usina de açúcar pertencente à família do ex-governador do Estado do Rio Heli Ribeiro Gomes. 

Ele cita entre essas vítimas David Capistrano, João Batista Rita, Joaquim Pires Cerveira, João Massena Mello, José Roman e Luiz Ignácio Maranhão Filho, do PCB (Partido Comunista Brasileiro). 

Completam a lista: Ana Rosa Kucinski e Wilson Silva, da ALN (Ação Libertadora Nacional); Joaquim Pires Cerveira, da FLN (Frente de Libertação Nacional); Eduardo Collier Filho e Fernando Augusto Santa Cruz Oliveira, da APML (Ação Popular Marxista-Leninista). O paradeiro desses desaparecidos políticos nunca foi informado às famílias.

Fonte: http://www.jb.com.br/pais/noticias/2012/05/03/ex-delegado-diz-ter-matado-e-incinerado-militantes-na-ditadura/

PT 32 Anos, no desenvolvimento do País.

sexta-feira, 9 de março de 2012

::::: RevistaQueimados.com | Uma nova visão! :::::: PT comemora aniversário de 32 anos com lançamento ...

::::: RevistaQueimados.com | Uma nova visão! :::::: PT comemora aniversário de 32 anos com lançamento ...: Por: Felipe Carvalho Crédito: Divulgação O Partido dos Trabalhadores de Queimados comemorou no último domingo o aniversário de 32 anos, com...

Quem é Aline - Amiga dos Bairros.





Quem é Aline - Amiga dos Bairros.

Aline - Amiga dos Bairros, é moradora do bairro Três Fontes no município de Queimados, nascida e criada neste mesmo bairro há 33 anos. Desde cedo mostrou disposição para lutar por uma sociedade diferente e justa. Seja na associação de moradores ou no partido na qual é filiada ao PT à 12 anos, sua atuação nos movimentos populares sempre foi referência de compromisso, combatividade e ética. 

Filha da Carminha do salgadinho, casada com Luiz Claudio mãe de quatro belos filhos, esposa, filha, mãe, irmã, amiga é uma verdadeira guerreira e lutadora pelos seus ideais principalmente no que tange sua luta incansável pelo bairro que mora com sua família e pelo seu município de origem Queimados. 

Tendo a sua praça por muitos anos como o único referencial de divertimento, cultura, lazer, esporte e entretenimento para os moradores da localidade.

Sendo assim Aline - Amiga dos Bairros, teve uma grande professora que foi a sua inspiração e fonte de energia sua mãe uma verdadeira heroína, que sempre lutou e reivindicou por melhorias para a sua comunidade, Aline - Amiga dos Bairros, vem percorrendo este caminho a alguns anos e agora assume verdadeiramente esta luta e batalha em favor de sua comunidade história esta marcada pela honestidade e trabalho desenvolvido com os menos favorecidos de seu município.


Um abraço e obrigada!!!!

Aline - Amiga dos Bairros.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Aline Amiga dos Bairros, presente na atividade dos 32 anos do PT em Mesquita - RJ, tendo a frente o nosso futuro prefeito do município André TAFFAREL.





Atividade dos 32 anos do PT em Mesquita - RJ, tendo a frente o nosso amigo André TAFFAREL, também estiveram presentes neste grande ato que mobilizou a militância PeTista de Mesquita e toda a baixada fluminense, que contou com a participação da Direção Estadual da Esquerda Popular e Socialista - RJ, corrente interna do PT, também estiveram conosco o companheiro Valcimerio Alves da Silva de Nilópolis e a companheira Aline Amiga dos Bairros de Queimados.

Parabéns PT pelos seus 32 anos de luta, resistência por um Brasil ainda melhor e ao amigo André TAFFAREL, todo o nosso apoio e ajuda!!!

Ronaldo Castro
Sempre na Luta Por Cidadania

Nossa amiga Aline - Amiga dos Bairros na Plenária Cidadania Plena.


Ceinho, Betão, Valcimério - Cidadania em Tempo Real, Aline - Amiga dos Bairros e Ronaldo Castro.
Ceinho, Aline Amiga dos Bairros, o deputado estadual do PT Robson Leite e Ronaldo Castro.



Daniele, Ronaldo Castro, Ceinho e Luiz - da Direção Estadual da Esquerda Popular e Socialista.


Paulo Roberto - Pela Cidadania Plena, Aline - Amiga os Bairros e Ronaldo Castro.

Daniele, Ronaldo Castro, Aline - Amiga os Bairros e Ceinho.


Aline - Amiga os Bairros, deixando uma mensagem de incentivo e luta para o Paulo Roberto - Pela Cidadania Plena.


Nossa amiga Aline - Amiga dos Bairros, participou na última quinta feira, dia 09/02/2012, da Plenária Cidadania Plena uma atividade do Paulo Roberto, em Belford Roxo que contou com a participação da Direção Estadual da Esquerda Popular e Socialista - RJ, corrente interna do PT, do deputado estadual do PT Robson Leite, do padre Vicente e de diversas lideranças comunitárias e sociais do município de Belford Roxo, também estiveram conosco o amigo de Nilópolis Valcimerio Alves da Silva, tivemos uma presença significativa de pessoas nesta nossa atividade em mais ou menos 150 participantes, que ficaram eufóricos e animados para caminhar junto com Paulo Roberto. À nossa  companheira de Queimados Aline Amiga dos Bairros, deixou uma grande mensagem de incentivo e força ao amigo Paulo Roberto.

Valeu Aline - Amiga dos Bairros!!!!

Ronaldo Castro
Sempre na Luta Por Cidadania.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

O Partido dos Trabalhadores de Queimados tem a honra de convidar a todos para o Encontro Municipal.



O Partido dos Trabalhadores de Queimados tem a honra de convidar a todos e todas para o Encontro Municipal.

No Encontro será definido o programa de Governo, teses, moções, politicas de alianças e pré-candidaturas para eleições 2012.

Estarão presentes no evento o Senador Lindbergh Farias, Deputado Estadual Zaqueu Teixeira, Prefeito Max Lemos, e demais autoridades.

O evento será no da 12/02, Domingo, a partir das 09:00 no Salão de festas ELITE que fica na Rua: Nilton, LT 40, Bairro Fanchen(próximo ao 24° Batalhão).

Fonte: Cristiano Pinto de Macedo

PT 32 Anos, no desenvolvimento do País.

Atos e Festas em comemorações aos 32 anos do PT.


quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Zaqueu Teixeira consegue Restaurante Popular para Queimados.

A imagem acima é uma cópia do Ofício em que o deputado Zaqueu Teixeira reitera o pedido de um Restaurante Popular para Queimados. Através de uma Indicação Legislativa simples, ele solicitou ao governador que autorizasse a construção do mesmo.

Sérgio Cabral acatou ao pedido e, em breve, um Restaurante Popular será construído em Queimados, com autonomia para servir mil refeições diárias atendendo uma grande quantidade de famílias da região.

Fonte: Blog do Deputado Estadual do PT Zaqueu Teixeira.


O deputado estadual Zaqueu Teixeira faz Indicação Legislativa que solicita saneamento para Queimados.

O deputado estadual Zaqueu Teixeira faz Indicação Legislativa que solicita saneamento para Queimados.

Indicação Legislativa de autoria do deputado Zaqueu Teixeira que solicita saneamento para Queimados:

"Solicito ao exmo. governador do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho, que se digne determinar que sejam adotadas as medidas necessárias para obras de saneamento nos bairros Jardim da Fonte, Jardim Excelsior, Vila do Tinguá, Vila São João, Vila Americana, Santo Expedito, Inconfidência, Três Fontes, Roncador, Carmo, Bairro da Paz e Morro Azul, localizados no município de Queimados, Rio de Janeiro."

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Resolução Política da Esquerda Popular Socialista minha corrente interna dentro do PT.



Resolução Política da Esquerda Popular Socialista

Porto Alegre, 25 janeiro 2012

A Esquerda Popular e Socialista – EPS - tendência petista fundada no dia 4 de dezembro de 2011, na Escola Nacional Florestan Fernandes em SP, nasce com a contribuição de militantes de 18 estados de todas as regiões do país afirmando a centralidade da luta dos/as trabalhadores/as e a relação orgânica com os movimentos sociais. Tem como princípios fundantes o feminismo, o combate ao racismo, à homofobia e a todas as formas de discriminação. A EPS surge com o objetivo de fortalecer o PT como instrumento capaz de formular e dirigir as principais frentes da luta política no Brasil, defendendo o governo Dilma, o aprofundamento das mudanças iniciadas no governo Lula, as reformas estruturais e tendo o socialismo como objetivo estratégico.

Resolução Política

A direção nacional da Esquerda Popular e Socialista do PT, reunida em 25 de janeiro de 2012, em Porto Alegre, sede do Fórum Social Temático, debateu a situação política e econômica internacional e nacional e aprovou a seguinte resolução:

1. Saudamos a realização desse Fórum Social em Porto Alegre, fruto do esforço dos movimentos sociais e partidos de esquerda, que mantêm acesa a chama do internacionalismo e da crítica anticapitalista.

2. Apontar alternativas globais e fortalecer a luta contra o capitalismo neoliberal se faz cada dia mais necessário. O agravamento da crise econômica mundial, cujo epicentro nesse momento é a Europa, deixa nítido que vivemos em um momento que evidencia a incompatibilidade estrutural entre capitalismo e democracia, entre capitalismo e emprego, entre capitalismo e políticas sociais.

3. Os mercados financeiros derrubam governos, desestabilizam economias. Os capitais internacionais seguem ditando regras, chantageando Estados, exigindo profundos cortes nas políticas públicas para direcionar recursos a banqueiros e especuladores. Suas receitas são políticas recessivas, que aprofundarão a crise, em um círculo vicioso sem fim. O desemprego, em todo o mundo, atinge níveis recordes, como mostram os números da OIT (200 milhões de desempregados, com tendência a agravamento). Cumpre ressaltar que os níveis de desemprego são, em média, três vezes maiores entre os jovens.

4. Embora a situação seja diferente no Brasil, na América Latina, na China e Índia, entre outros países, que não adotam políticas neoliberais, já sentimos a desacelaração dos índices de crescimento econômico. Não há garantias que um derretimento da Europa e um aprofundamento da crise mundial não afetem de maneira significativa também esses países, inclusive a economia brasileira.

5. É nesse contexto que as acertadas políticas dos governos Lula e Dilma devem ser aprofundadas. Estamos desafiados a continuar crescendo com aumento do emprego, distribuição de renda e expansão das políticas sociais. Cabe ao PT e aos movimentos sociais aprofundar o debate sobre medidas de fortalecimento das políticas públicas, de aumento dos salários, da garantia dos investimentos em infra-estrututura e de democratização do Estado brasileiro.

6. Radicalizar o compromisso democrático e popular do governo federal liderado pelo PT pressupõe corrigir algumas rotas. A começar pela política de juros, do superávit primário e de gestão da dívida interna, que seguem sendo um dreno gigantesco de recursos. Em 2011 foram cerca de R$130 bilhões de superávit primário. Uma fortuna que poderia estar sendo direcionada para saúde, educação, combate à pobreza ou novas obras.

7. Enfrentar a crise econômica significa fortalecer o mercado interno e distribuir renda de maneira efetiva. A reforma agrária deve voltar ao centro da agenda do PT e do governo federal. Democratizar a estrutura agrária e priorizar o apoio à agricultura familiar se faz combatendo a pobreza e a miséria, distribuindo renda e poder, gerando um círculo virtuoso de emprego e aumentando as condições de vida de milhões de pessoas. A reforma agrária, ao contrário do que pensam alguns, é absolutamente contemporânea e sua não-realização é uma das grandes lacunas na história do Brasil.

8. O primeiro ano do governo Dilma é motivo de orgulho para todo o PT e de todos setores que apoiam o projeto democrático-popular. A alta aceitação da presidenta é resultado de sua firmeza, de sua liderança, reflexo da continuidade das políticas democráticas iniciadas nos governos de Lula e também dos novos programas lançados, com destaque para o Brasil sem Miséria, com a generosa e ambiciosa meta de erradicar a pobreza extrema no país até 2014.

9. Agora, é preciso avançar. O PT e o governo Dilma devem retomar a agenda das reformas estruturais que estão paralisadas, como a reforma agrária (já mencionada), a reforma urbana, a reforma política, bem como o debate sobre a função social da propriedade, a democratização e regulação dos meios de comunicação, a redução da jornada de trabalho.

10. O PT e o governo Dilma devem seguir discutindo os impactos que a aprovação do código Florestal poderá trazer para a biodiversidade e a capacidade produtiva do país e para a correlação de forças entre os grandes interesses do agronegócio e as demandas de pequenos agricultores familiares. Aqui, saudamos os deputados federais que votaram contra o Código Florestal e o senador Lindberg Farias, único senador que se opôs de maneira consistente e votou contra o Código.

11. O PT e o governo Dilma devem atuar, ainda, de maneira enérgica no combate ao trabalho em condições análogas a escravidão. Segundo dados do Ministério do Trabalho, já foram localizados 294 infratores entre pessoas físicas e jurídicas, em geral, grupos de usineiros, madeireiros, fazendeiros e empresários do ramo imobiliário, de supermercados e shoppings. Nesta semana, o Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário denunciou a ocorrência de trabalho em regime de escravidão em Manaus, no Distrito Agropecuário da Suframa, na BR-174.

12. Nesse segundo ano de governo, o desafio é avançar e melhorar a interlocução e o diálogo com o conjunto dos movimentos sociais, dar mais peso à agenda dos direitos humanos (a Comissão da Verdade é um marco), às políticas de enfrentamento à desigualdade entre mulheres e homens, às políticas de promoção da igualdade racial, às políticas de combate à homofobia, entre outras.

13. É fundamental combinarmos as políticas econômicas, que ampliam a renda das famílias e combatem a pobreza, com iniciativas que ganhem esses setores para posições políticas mais avançadas, fazendo com que se comprometam como nosso projeto de transformação do Brasil. Afinal, muitas das propostas que apresentamos ao governo dependem da organização, da luta e da correlação de forças. Portanto, a agenda dos movimentos sociais, a elevação do nível de consciência das pessoas e a capacidade conquista de mudanças são tarefas da Esquerda Popular Socialista.

14. Reafirmamos, ainda, a necessidade de fortalecer as políticas que enfrentam e combatam a discriminação e a violência contra as mulheres, que desvelem o racismo e a homofobia, e que garantam o protagonismo das novas gerações. É dessa pauta que podem ser extraídas vitórias mais contundentes do campo socialista, inclusive no governo Dilma, e indicará mais claramente as alianças para a disputa eleitoral.

15. Essa agenda que retoma o fio histórico do programa democrático-popular dará nitidez ao PT nas disputas municipais. Será o momento de fazer a defesa do governo Dilma, apontando para os avanços, e fazer o contraponto à direita sem programa e sem discurso. As eleições municipais fortalecerão o PT se as disputarmos com uma visão nacional, com amplitude política, mas com radicalidade para demarcar campos e confrontarmos projetos.

16. É por isso que a política de alianças do PT não pode se transformar em algo amorfo, que tire nossa identidade política. O sucesso do Partido e do governo Dilma, a liderança de Lula, o esfacelamento do DEM e a divisão do PSDB faz com que muitos setores conservadores mudem de tática e tentem nos dividir, nos neutralizar. Os afagos da grande mídia à Dilma e a criação do PSD de Kassab são os fenômenos mais visíveis do reposicionamento das forças conservadoras na disputa política em curso.

17. Nesse sentido, uma aliança com Kassab na capital paulista, por exemplo, seria um verdadeiro tiro no pé, que desmobilizaria nossa militância, nossa base social e eleitoral. Nos tiraria discurso e nitidez, nos colocaria no jogo do adversário. Essa cautela com a política de alianças, sobretudo com o PSD, deve nos nortear em todas disputas, Brasil afora. Candidaturas próprias do PT em algumas disputas, como em Belo Horizonte, farão toda a diferença e adquirem sentido estratégico. O momento é de fortalecer o Partido dos Trabalhadores: eleger o maior número possível de prefeitos e prefeitas, vereadoras e vereadoras.

18. Por último, reiteramos nosso compromisso com o fortalecimento do conjunto das lutas e movimento sociais. O PT deve resgatar seu vínculo orgânico com o conjunto das entidades e movimentos que lutam por terra, moradia, salário, igualdade. Nesse sentido, reafirmamos a importância de seguirmos em sintonia política com os/as companheiros/as do MST, Via Campesina e da Consulta Popular. Quanto mais fortes as lutas sociais, mais fortes serão nossos governos e nossas condições para mudar a realidade e implementar o programa democrático-popular, ampliando seu sentido e conteúdo anti-capitalista.

19. A conjuntura exige que o PT aumente o tom da denúncia à criminalização dos movimentos sociais. Está em curso um processo de agudização da repressão e do uso das forças policias estatais contra os ativistas de diversos movimentos. O governo Alckmin é o maior protagonista de uma escalada conservadora e autoritária, que flerta com o fascismo em operações como a desocupação do “Pinheirinho”, em São José dos Campos, ou o ataque a moradores de rua/dependentes químicos na cracolândia. Em Goiás, o governo do Tucano Marconi Perillo realizou a operação desocupação do Parque Oeste Industrial em Goiânia nos mesmos moldes do Pinheirinho. São retrocessos inaceitáveis, incompatíveis com a democracia, e que representam a diferença entre os dois projetos: dos tucanos e do campo democrático e popular.

Viva o Fórum Social Temático!

Viva os movimentos sociais!

Viva o PT!

Porto Alegre, 25 de janeiro de 2012

Direção Nacional Esquerda Popular Socialista (tendência interna do PT)

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Moradores reclamam de falta de asfalto em Queimados (RJ).

Nova promessa agora do governo do estado através do DER - Departamento de Estrada e Rodagens para o início das obras em algumas ruas do bairro Três Fontes em Queimados. 

Disseram que o início está previsto para esta segunda quinzena de janeiro de 2012, vamos esperar anciosamente esta obra prometida pela prefeitura de Queimados várias vezes e nunca iniciada!!!

Aline - Amiga dos Bairros.


Segue o link abaixo da última visita do RJTV 1ª Edição  no bairro Três Fontes em Queimados no dia 19/01/2012.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Amanhã dia 19/01/2012, teremos a visita do RJTV 1ª edição no bairro Três Fontes em Queimados




Amanhã dia 19/01/2012, teremos a visita do RJTV 1ª edição no bairro Três 

Fontes em Queimados, será a quarta visita do RJTV móvel no bairro Três 

Fontes, 

onde os moradores cobram das autoridades somente melhorias na 

infraestrutura 


local, transporte, saúde, iluminação e coleta de lixo decente!!!

O RJTV 1° edição vai ao ar às 12h:00 - ao meio dia, assistam moradores de 



Queimados e adjacências!!!!


A luta e de vocês juntamente com Aline - Amiga dos Bairros e do Ceinho.

sábado, 7 de janeiro de 2012

O prefeito Max Lemos deveria ter vergonha de prometer e não cumprir com suas obrigações!!!!



Ruas em bairro de Queimados não tem asfalto e nem saneamento básico.




Estamos lutando contra essa covardia contra os moradores da localidade o Ceinho e a Aline - Amiga dos Bairros está de frente nesta luta revindicando melhorias urgente para a comunidade, não podemos nos calar diante de uma situação dessas aí no Três Fontes, Queimados ....

Vergonha prefeito Max Lemos de Queimados RJ.
Bairro Três Fontes está uma vergonha!!!!


Vamos ter um mínimo de respeito com os moradores do bairro Três Fontes, Queimados.

Segue o Link da última visita e entrevista com os moradores do Três Fontes realizada no dia 05 de outubro de 2011 no RJTV móvel na 1ª edição e as promessas não cumpridas da prefeitura de Queimados.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Aline - Amiga dos Bairros

Quem é Aline - Amiga dos Bairros.

Aline - Amiga dos Bairros, é moradora do bairro Três Fontes no município de Queimados, nascida e criada neste mesmo bairro há 33 anos.

Filha da Carminha do salgadinho, casada com Luiz Claudio mãe de quatro belos filhos, esposa, filha, mãe, irmã, amiga é uma verdadeira guerreira e lutadora pelos seus ideais principalmente no que tange sua luta incansável pelo bairro que mora com sua família e pelo seu município de origem Queimados. 

Tendo a sua praça por muitos anos como o único referencial de divertimento, cultura, lazer, esporte e entretenimento para os moradores da localidade.

Sendo assim Aline - Amiga dos Bairros, teve uma grande professora que foi a sua inspiração e fonte de energia sua mãe uma verdadeira heroína, que sempre lutou e revindicou por melhorias para a sua comunidade, Aline - Amiga dos Bairros, vem percorrendo este caminho a alguns anos e agora assume verdadeiramente esta luta e batalha em favor de sua comunidade.

Aline - Amiga dos Bairros.